Para não perder os filhos

Para não perder os filhos

kidseye.jpgQuantas vezes ouvimos as mães dizendo: “eu só me distraí por 5 minutos…” É muito comum que os pequenos se percam de nós num minuto de distração. Algumas mães colocam uma corda, ou um tipo de ‘coleira’, mas pobres crianças…. Outra alternativa bacana é o Kids Eye.

É um dispositivo que funciona separando uma parte da outra. A parte laranja fica com a criança, presa na roupa por exemplo, e a outra fica com você. Se a criança se afastar mais do que 15 metros ele começa a apitar. O apito também toca caso a criança, já maiorzinha, o ative por se encontrar desorientada ou em perigo, chamando dessa maneira a atenção dos pais.

Posso estar enganada, mas acho que algumas mães já se preocupam se o filho se afasta dois metros… Só falta inventarem um dispositivo que nos mostre não aonde estão, mas sim o que estão fazendo….

Share this Story
  • Vem aí a 13a. edição da Baby Bum
    Consumo Gerais

    Vem aí a 13a. edição da Baby Bum

    A ideia da Baby Bum é reunir em um só local expositores de diversas categorias (vestuário, brinquedos, decoração etc.) que ofereçam produtos ...
  • Bolo de caneca
    Alimentação

    Bolo de caneca

    Recebi esta receita hoje da minha dentista, Cláudia Malheiros, que testou (e aprovou) com o filho dela ontem, o André; apenas ...
  • Do verme ao saci e à salada
    Alimentação

    Do verme ao saci e à salada

    Só para não perder a oportunidade. Reunião de escola de criança tem uns debates deliciosamente prosaicos. Vou citar três de hoje: ...
  • Minha homenagem a todas as corujas…

    Minha homenagem a todas as corujas… Feliz Dia das Mães!
  • Feliz Dia das Mothern

    Feliz Dia das Mothern

    Tudo isso que a Rosely Sayão escreveu ontem na Folha é trabalhado com maestria na ficção, na série “Mothern”, do GNT, ...
  • Segurança ao seu bebê mesmo antes de nascer

    Tummy Shield foi criado por um inventor australiano e protege as futuras mamães enquanto dirigem ou simplesmente andam de carro, e, ...
Load More Related Articles
Load More By cool*ruja
  • Gerais

    Magnatab

    Magnatab ensina a escrever e desenhar. A caneta magnética ‘puxa’ as pequenas esferas formando letras e desenhos. Para apagar, basta passar ...
  • Gerais

    Möbelebt: móveis divertidos e coloridos

    Möbelebt é uma linha de móveis divertidos e coloridos. Cada peça é projetada no estúdio em Dübendorf (Suíça), feita com materiais ...
  • Brinquedo

    Alphabuild: Magnetic Learning Toy

    Alphabuild é um brinquedo da Kid O composto por 20 peças coloridas, magnéticas e de diversos tamanhos. As crianças podem combinar ...
  • Gerais

    Sam: O primeiro Brinquedo Educativo Transgênero

    Sam é o primeiro brinquedo educativo transgênero.  Assim como a boneca russa Matrioska, Sam possui 6 bonecos diferentes. O projeto foi ...
  • Moda

    Petit Pli, roupas que crescem com o bebê

    Petit Pli é uma marca de roupas criada pelo designer Ryan Mario Yasin em Londres. As peças possuem um sistema de ...
  • Brinquedo Design

    Brinquedos Geométricos Kutulu

    Kutulu são brinquedos de madeira com formas geométricas feitos na República Tcheca. A coleção é composta por 4 séries diferentes: Kutulu ...
Load More In 

Facebook Comments

No Comments


  1. Wagner Brenner

    abril 29, 2008 at 8:11 pm

    Eu, quando enfrento shoppings, aeroportos e feiras livres com o filhote, coloco um cartão de visitas meu no bolso dele. Solução singela, mas prática 😉

    Reply

  2. Carol

    maio 1, 2008 at 7:21 pm

    Minha filha tem 2 anos, e quando saímos sozinhas ela usa, muitas vezes, uma “coleirinha” em forma de uma simpática mochila-macaco. Não acho que ela se sinta infeliz ou diminuída com isto. Pelo contrário, ela continua pulando, correndo e se esbaldando. Quem já experimentou ir sozinha com uma criança a um parque ou shopping sozinha, sabe que nem apito nem cartão são solução… E quem não consegue vencer o preconceito contra as coleirinhas, não sabe a tranquilidade que está jogando fora!!

    Reply

  3. Carolina Longo

    maio 2, 2008 at 12:18 pm

    Carol, eu tenho gêmeos quase da idade da sua e também considero fortemente o uso dessas ‘coleirinhas’. Mas até por serem gêmeos, eles estão acostumados a passear só no carrinho. Não ficam pedindo pra descer… No começo até tentavam, mas como eu não daria conta dos dois, nunca deixava. Mas logo logo acho que vou aderir as mochilinhas também. Uma vez vi uma como a que vc descreveu e achei demais… Até pq os meus correm cada um pra um lado, sem brincadeira! 🙂

    Reply

  4. marcella nakatani

    outubro 16, 2008 at 3:21 pm

    Olá!
    Gostaria de saber onde achar essa mochila com coleirinha.Meu filho tem 1 ano e 3meses e já corre! Imaginem meu medo! E como ele é bem independente adora andar sem segurar na minha mão, como sempre é obrigado por mim a andar assim pensei nessa mochila como uma forma de ele ter mais liberdade com segurança! Se possível me respondam ! Obrigada Marcella

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Check Also

Bololofos transforma desenhos em bonecos

Bololofos é uma empresa brasileira que desenvolve artesanalmente ...

Não achou o que queria? Procure aqui:

Busca por Mês

Não perca mais nada. Siga-nos:

Nosso feed no Facebook. Muito mais conteúdo. Curta a gente por lá também!

Conheça e curta o e*ideias:

Follow Me @