Um novo paradigma para educação

Um novo paradigma para educação

Quem navegou no UoD e no blog da HSM viu o meu post sobre a entrevista que o Henry Jinking deu ao programa Milênio da GNT. Entre tantas outras coisas interessantes, ele falou sobre educação, crianças e o mundo colaborativo. Em especial sobre a necessidade das escolas e dos educadores incentivarem a produção coletiva ao invés do aprendizado autônomo.

Após uma rápida comparação entre o homem renascentista do século XV e o homem convergente do século XI, Jinking foi categórico ao dizer que nos dias de hoje, com a explosão da informação, é impossível saber de tudo.

Antigamente, a premissa era que um único indivíduo podia dominar todos os campos do conhecimento. Michelangelo, Da Vinci ou Thomas Jefferson, os grandes intelectuais da História, conseguiram dominar todo o saber de uma sociedade.

Entretanto, diz ele, estamos vivendo em tempos de inteligência coletiva, num mundo onde ninguém sabe tudo. Todos sabem algumas coisas. E um membro da comunidade tem ao seu dispor o mesmo saber que a comunidade como um todo, imediatamente, a todo instante.

Portanto, as escolas deveriam considerar o “criar coletivamente” e o “compartilhar conhecimento” como as novas habilidades necessárias para se viver em uma sociedade em rede. E ao invés de incentivar o aprendizado autônomo, deveriam ensinar as crianças a participarem da produção coletiva e a compartilharem conhecimentos (a “cola” não é tão ruim assim), mostrar que a experiência alheia ajuda no aprendizado, e fazer com que elas percebam o poder que tem por serem autoridades em algum assunto (putz, adoro isso, principalmente no ponto de vista da auto estima).

O fato é que as escolas estão longe dessa nova realidade, salvo alguns poucos casos. Seus currículos são a maior prova dessa falta de visão. Contudo, esse ambiente não pode persistir por muito tempo, e sem dúvida o novo modelo educacional precisa levar em conta o ser coletivo e colaborativo.

Sendo assim, não esqueça de levantar essa lebre nas reuniões de pais da escola dos seus filhos,  e sempre que possível não deixe de considerar essas questões na hora de escolher uma escola para eles.

Vestibular e decoreba “standalone”, nunca mais! 🙂

E sinceramente, quem nos dias de hoje precisa disso?

Share this Story
Load More Related Articles
Load More By cool*ruja
Load More In Educação

Facebook Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Check Also

Bololofos transforma desenhos em bonecos

Bololofos é uma empresa brasileira que desenvolve artesanalmente ...

Não achou o que queria? Procure aqui:

Busca por Mês

Não perca mais nada. Siga-nos:

Nosso feed no Facebook. Muito mais conteúdo. Curta a gente por lá também!

Conheça e curta o e*ideias:

Follow Me @