App, Brinquedo, Consumo, Design, Educação, Geek, Inspiração, STEM

Monimalz, a evolução do cofrinho

Monimalz é uma solução divertida de cofrinho desenvolvida pelo hub de inovação dos correios da França (La Poste). Ele pode ter como base um panda, uma baleia ou um macaco que, de forma intuitiva e lúdica, ensinam a gerenciar o dinheiro.

Monimalz aceita moedas e transferências bancárias para a conta bancária conectada da criança. Ele está conectado a um aplicativo mobile para que toda a família possa transferir dinheiro. Os pais também podem enviar mensagens que percorrem o Monimalz ou definir missões e desafios que podem ser recompensados, por exemplo, ‘me ajude a lavar o carro’.

Quando uma moeda é adicionada ou a parte de trás é acariciada, Monimalz ganha vida. Ele mostra o valor das moedas, acrescenta isso ao seu total existente e mostra o novo total em sua barriga, ou se ilumina com animações e sons divertidos. O mesmo acontece quando são feitas transferências bancárias de presente de aniversário por exemplo.

Monimalz foi projetado para evoluir com a criança: o visual pode ser personalizado com adesivos, sua capa é trocada por um padrão ou design robótico e vem com um universo de jogos divertidos de contagem, matemática e economia adaptados à sua idade.

Atualmente o Monimalz faz muito mais agregando joguinhos e o ensino de inglês. Vale a pena conferir aqui.

App, Brinquedo, Consumo, Geek, STEM

Matatalab, aprendendo a programar sem usar telas

Interessante este brinquedo que ensina crianças de 4 a 9 anos os princípios de programação sem fazer uso de telas. Explora a criatividade e ensina a criança conceitos fundamentais de programação em bloco.

Ensina a programar de uma forma intuitiva, sem precisar saber escrever ou ler. Sem computador, sem tela, sem configuração complicada, o Matatalab permite programar um robô para criar música e produzir arte. Confiram abaixo um vídeo que demonstra as funcionalidades básicas e aqui todos os detalhes deste produto comercializado na Amazon.

App, Design, Educação, Geek

Element capsule: jeito lúdico de aprender a tabela periódica

De modo a tornar o ensino das tabelas periódicas mais divertido e criativo, foi criado na Coréia um app de realidade aumentada no qual os 118 elementos são representados visualmente por personagens e as propriedades químicas dos elementos são comunicadas usando diferentes cores, formas e expressões faciais. Confiram mais no site e abaixo no vídeo:

App, Consumo, Faça você mesmo, Geek

Nintendo Labo: a nova aposta da Nintendo

Nintendo Labo é uma nova proposta de interação para o console Switch da Nintendo. Embarcando um pouco na onda maker, ele traz acessórios criados pelo próprio usuário a partir de placas de papelão chamados de Toy-Con e usa os controles Joy-Cons do Switch para acessar diversas experiências e mini games.

Serão duas versões:

Uma delas é chamada de Variety Kit. Ela vem com 28 folhas de papelão, fios e elásticos que ao serem dobrados e conectados de acordo com instruções na tela se transformam nos objetos necessários para jogar cada minigame do pacote. Os Toy-Con assumem a forma de carros de controle remoto, uma vara de pescar, uma casa, um guidão de moto e um piano de treze teclas. Esta versão custará US$ 69,99  e virá com cinco minigames.

O Variety Kit inclui ainda uma folha de adesivos para personalizar suas criações.Um “customization set” será vendido por US$ 9,99 com ainda mais variedade e fitas adesivas coloridas. Será permitido que o usuário possa criar seus próprios minigames usando o kit.

 

A segunda é chamada de Robot Kit e vem com 19 folhas de papelão, 4 de cartolina, fios e aros. Ela forma um headset e uma mochila que permite que o usuário controle um robô no game. Esta versão custará US$ 79,99  e virá com um minigame.

 

 

App, Brinquedo, Consumo, Geek, STEM

Kamigami: robôs montados como origamis

 

Kamigami são pequenos robôs programáveis para crianças inspirados na arte do origami. Com seus kits as crianças podem criar os robôs e fazem uma incursão divertida na área da robótica.  Os robôs, tematizados como insetos, são montados pelas crianças e são equipados com sensores de luz infravermelha, giroscópio e acelerômetro. E comandados através de um app.

Vale conferir o vídeo de apresentação abaixo. Cada kit custa em torno de US$ 40 / US$ 50. em varejistas como a Amazon.

App, Brinquedo, Consumo, Geek, Música

Bandimal, um app para compor músicas

O app Bandimal foi criado para tornar divertido e intuitivo o processo de composição musical. Nele é possível escolher instrumentos (nove animais funcionam como instrumentos), compor melodias, criar sequências, mudar a velocidade das sequências e aplicar efeitos exclusivos. Disponível para iOS 10 ou superior, ele pode ser baixado aqui e custa US$ 3.99.

App, Comportamento, Consumo, Geek

Suzy Snooze, mais do que uma babá eletrônica

Além de ser uma babá eletrônica estilosa, a Suzy Snooze funciona como uma luz noturna, emite sons para embalar o sono e apaga bem na hora de acordar, ajudando a criança a saber que está na hora. Permite controlar tudo pelo celular, através do WiFi. Por todas estas funções também tem um uso maior do que as babás eletrônicas comuns. Custa £179 aqui.