Comportamento, Inspiração

Callie Lipkin: fotógrafa dedica-se ao tema ‘Dad Time’

A fotógrafa Callie Lipkin tem uma série linda de fotos de pais com seus filhos. As fotos são inspiradas em  parte pelo próprio marido que vem sendo o principal cuidador de seus dois filhos, com idades entre dois e quatro. Seu site tem uma seção dedicada ao tema (clique na imagem para ver as demais) e seu Instagram é repleto de fotos de pais com filhos tiradas pelo mundo durante suas jornadas de trabalho como fotógrafa.

 

callie-lipkin2

Brinquedo, Comportamento, Decoração, Moda

Um Reino Nem Tão Distante Assim: confecção que é puro faz de conta

A marca faz brinquedos, bolsas, fantasias e outros produtos divertidos como pantufas aladas, chapéu de lobo e mochilas de asas de dragão. Tudo muito colorido e feito à mão. Gostamos muito da linha de malinhas escolares. Vale conferir o site e a página da marca no Facebook e Pinterest.

601075_384881581607077_1917761509_n

Comportamento

spbang

Feitas de silicone não tóxico, as sacolas reutilizáveis spbang são ideais para levar sanduíches e lanches para a escola. No verso é possível deixar mensagens ou desenhos para os pequenos. Cada sacolinha sai por US$9.95.

spbang-reusable-bags

spbang-reusable-bags-with-lunch-love-notes

Alimentação, Comportamento, Consumo

Cumbuca, papinhas orgânicas frescas entregues em casa

Toda mãe deseja comprar tudo fresquinho, variar, respeitar os grupos alimentares, preparar tudo da forma que preserve os nutrientes. Mas nem sempre tem tempo de fazer isso. Pensando nisso surgiu a Cumbuca, que entrega papinhas orgânicas frescas em São Paulo.

Tem entregas programadas e pode ser um ótimo quebra galho para o dia a dia ou mesmo para o final de semana, para uma viagem, coisa assim. Seu pacote de final de semana custa R$ 92 (4 lanches e 4 refeições) e a assinatura (12 refeições e 10 lanches) sai por R$ 224 mais as taxas de entrega.

No seu menu há pontinhos salgados (como sopinhas e caseirinhos de músculo, carne ou frango), bem como lanches (mingau de maça, compotas, pudim de arroz), além de acessórios práticos e charmosos para levar os produtos (bolsas e estojos térmicos). Vale a pena conferir aqui.

Cumbuca1

Comportamento, Geek, Inspiração

Kiddos: estratégia para uma nova geração de pais e filhos

A Kiddos nasceu em 2013 da parceria de duas publicitárias que desejavam provocar e propor novos olhares para marcas, produtos, iniciativas, organizações e instituições que queiram se relacionar com o universo infantil e todo o seu entorno, pensando pais e filhos, famílias e sociedade. Clarice Tavares e Diana Leite oferecem hoje uma ampla gama de serviços que incluem pensamento estratégico para marcas, branding e comunicação até o desenvolvimento de experiências, eventos e projetos educacionais.

Tem ferramentas e metodologias proprietárias que funcionam como radar de novidades e comportamento. Um exemplo é o Momspotters, uma rede de mães pelo mundo que alimenta constantemente a equipe com novidades e necessidades. A dupla conta com um hub internacional em Chicago e  tem trabalhos recentes para empresas como Hering Kids, Puc, Our Whole Village além de parcerias com iniciativas como Slow Kids e Instituto Alana. Vale conferir mais detalhes no site.

observatorio

Comportamento

Mãe cria livro de colorir para mostrar que meninos devem expressar suas emoções

Mãe e cartunista sueca Linnéa Johansson criou um livro de colorir para reforçar a igualdade dos gêneros e ensinar seus filhos e outras crianças que devem mostrar livremente suas emoções. No livro ‘Super Soft Heroes’, ela desenhou os principais super heróis em situações inusitadas, como o Hulk fazendo compras com seu bebê, Superman choroso porque derrubou o sorvete e até mesmo um cross-dressing do Superman e da Branca de Neve.

A ideia surgiu quando o seu filho de 3 anos voltou da escola e estava realmente triste, mas fazia força para não chorar. Quando ela perguntou o motivo de não querer chorar, ele disse que era porque o Homem-Aranha não chorava. Para Linnéa, isso foi a prova de que, leva apenas três anos para uma criança aprender o ‘código de gênero’ que, quando menino, a pior coisa que você pode fazer échorar como uma meninae que precisava virar homem’ e ‘parar de chorar’. O que um menino aprende com isso, é que a emoção é igual a fraqueza.

O livro esta disponível para download gratuito aqui.

slide_413034_5221062_free

Comportamento, Inspiração

G(irls)20: encontro de jovens mulheres para mudar o mundo

O G(irls)20 é uma ONG que busca mobilizar e empoderar meninas e mulheres jovens dos países participantes do G20 em suas causas sociais. E neste mês acontece na Austrália a quinta edição do G(irls) Summit no qual a representante do Brasil, juntamente com as representantes dos demais países, irão debater soluções reais de capacitação por meio da economia e da educação. Juntas, elas desenvolverão um comunicado que será compartilhado com os líderes do G20. Dá para acompanhar o evento nas redes sociais: no Facebook, no Twitter e no Instagram.